Page copy protected against web site content infringement by Copyscape
Creative Commons License
É terminantemente proibido copiar integralmente os artigos deste blog. Leia mais sobre a nossa licença e direitos reservados.
Esta obra também está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Plágio é crime e esta previsto no artigo 184 do código penal. Conheça sobre a Lei 9610 que regula os direitos autorais.

segunda-feira, 10 de agosto de 2009

2

Onde estão esses doidos durante a semana?

Feed
Assine nosso Feed ou receba atualizações por email. O que é Feeds?

Credit photo: Carlos Montes Jr.

Uma luz se apagou. Enquanto eu me divertia, outro ser humano morreu.

Nunca ouvi sua voz, não sei seu nome... A bela chamada Morte, e indesejada pela maioria, o beijou em forma de facada...Onde?

Noite... Fuga... Sexta... Os descolados, os bizarros, os que possuem subempregos, os pseudointelectuais, os bêbados, os devassos, os sem rótulos, os aproveitadores, os que se vendem, os que são vendidos, os vencidos, os mortos-vivos, os seres que caminham entre suas duas vidas: a sonhada e a real.

Todos voam como mariposas atraídas pela luz noturna, para um ponto em comum na cidade... LAPA.

Lá sempre volto com historias para contar, e me pergunto assombrado: as histórias só acontecem comigo, ou estão sempre lá, onde sou apenas um coadjuvante?

Esfaqueados, assaltantes, mendigos, catadores de latas, garimpeiros de detritos esquecidos, vendedores de todos os tipos: de amendoins, de latas recicladas, de artesanatos, de arames dobrados, de cachaça, de macarrão, de sonhos, de drogas...

A fauna é imensa: os usuários, gays, lésbicas, ricos, pobres, turistas,"habitues"... Os maquiados, fantasiados, os de cabelos coloridos, os bombados sem camisa, as mulheres desmaiadas de tão bêbadas. Em rodinhas, deitados na grama, sentados nos bares, em grupos, em duplas, sozinhos (as)... Os que procuram ou esperam - alguém ou alguma coisa. Me lembra uma floresta tropical inflada de vida por metro quadrado. Ali poucos percebem a prática da tolerância do olhar, da aceitação da diferença...

E quando dou por mim, o dia está amanhecendo outra vez. Sábado, mais um dia de ralação. Domingo, descanso. Segunda, volta à rotina: loja, estágio, terapia, faculdade, contas a pagar, olhar a tela do computador, talvez publicar esse texto...

Depois de (acho que fica melhor, dá mais sentido) tudo isso, a única coisa que ainda soa nos meus ouvidos é a pergunta de um amigo: --Onde estão esses doidos durante a semana?

E na próxima sexta? O que fazer?

Novamente a LAPA ou talvez uma DDK... Uma das muitas Lapas da vida!

(Na sexta-feira em que tive a idéia de escrever esse texto, uma pessoa morreu na Lapa tentando evitar um assalto de uma máquina fotográfica digital, outra ficou bêbada a ponto de vomitar em todos os cômodos da casa de um amigo).

2 Comentários:

Anonymous,  11 de outubro de 2007 15:01  

Passa uma noite comigo q naum vai faltar sobre o q escrever,geralmente escreve se o q vc axa marcante,ou até msm coisas insignificantes q vc,por meio da escrita,faz dela uma coisa até importante.Pense no convite e me responda dpois,aposto q ja sabe qm escreve,só pra ter certeza,responda pela meu email do msn,bjus e adorei seus comentários!!!!

P.S a história da noite na cama é só brinkdeira

Agulha3al 11 de outubro de 2007 20:38  

Oi!!! o pior e que eu não sei... tenho suspeitas... sou horrivel nessa brincadeira!

Postar um comentário

Agradeço sinceramente seu comentário,todos os comentários serão moderados. Aqui existe censura (de leve).

Conheça todas as regras elaboradas para uso desse blog.

Se possível use sua conta do Google ou OpenID.

A opinião dos leitores, não reflete a do autor.

Postagens populares da semana

Seguidores/Visitantes

Postagens mais lidas do blog

Voltar para a Home Encontrou um erro? Informe-nos!

  ©Template by Dicas Blogger.